terça-feira, 5 de janeiro de 2010

RESENHA DE JANEIRO

Quando adolescente, tentei enveredar pelo mundo da leitura dos romances de banca, mas essa odisséia foi por demais curta. Achei este estilo repetitivo, sempre havia uma mocinha indefesa e um homem forte e musculoso pronto para salvá-la do mal que a acometia. Cansei, enjoei, e voltei a ler os clássicos, os romances policiais e outras pérolas que encontrava na biblioteca da escola e na Casa de Cultura.

Com o ‘Desafio Literário 2010’, me propus a ler não um, mas dois livros deste estilo e confesso que o primeiro foi além das minhas expectativas. Segue a resenha do primeiro, o outro será mencionado no resumão do “Chá Literario”.

PS: Como ainda sou inexperiente nesta área contei o final do livro, portanto, quem não quiser conhecê-lo pule openultimo parágrafo. Desculpem-me.



Em “Tesouro do amor” de Julia James, a mocinha não era nada indefesa, muito pelo contrário, era decidida, sabia exatamente o que queria e o que não queria. O mocinho, em contra partida, era um cara rico e que estava acostumado a ter tudo o que queria através de seu poder e riqueza. Conclusão, quando não conseguiu levá-la para a cama, aproveitou-se de um acaso do destino, um roubo de uma jóia caríssima não explicado apontou-a como culpada, e a chantageou para tal.

O cara levou a moça para uma ilha do caribe, com uma mansão maravilhosa, tendo à sua disposição criados que lhe satisfazia todas as vontades e necessidades. Ela tinha o dia todo livre para se refestelar pela ilha e, à noite tinha que servir ao ricaço mimado na cama. E olha que ela gostava. Achava o cara “viril” e gemia de prazer em seus braços (só não admitia, claro).

Quase no finalzinho do livro, o cara completamente apaixonado por ela e ela por ele, mas ambos cabeçudos o suficiente para não admitirem. Aconteceu que a moça foi seqüestrada por um Xeique Árabe que queria saber do paradeiro da amiga dela que fora sua amante.

Cego de paixão o ricaço mimado não pensou dias vezes em invadir a lancha onde a mocinha se fazia refém e a salvou, levando por isso um balaço no peito e quase morrendo.

É claro que no período de sua convalescência no hospital os males entendidos foram todos esclarecidos e eles puderam se casar e viverem felizes para sempre.

Ai,ai, nada como um bom romance mamão com açúcar para iniciar o ano.

30 comentários:

  1. Na adolescência lia muito esses livros, Julia, Sabrina e, meu preferido Barbara Cartland, depois também descobri as bibliotecas do bairro e do colégio, onde outra literatura surgiu em minha vida.
    Achei ótima a idéia do desafio, será que consigo cumprir ele também? Vou tentar! bjs

    ResponderExcluir
  2. Fala sério!!
    Acho que o melhor nesse desafio é também não levantar expectativas. Lançar fora nossos 'preconceitos' e tentar garimpar algo de proveitoso no que estivermos lendo... rsrs não é mesmo?!

    Bjos
    Ps.: Daqui a pouco vem aí a minha 'resenha'... rsrsr

    ResponderExcluir
  3. Gostei da historia, e as resenha ta boa...
    Tempao que nao leio essa categoria de romance...
    Deu ate saudade.. XD

    ResponderExcluir
  4. Eu tbm comecei o ano com mocinhos cabeçudos. Nunca li mta coisa do gênero e reconheço: nada mal para começar o ano. rsrs

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro essas mocinhas cheia de personalidade!!

    Eu gostei muito da sua resenha, acho que passou certinho o clima do livro, leve, empolgante e sensual.

    Espero a próxima! Abços!

    ResponderExcluir
  6. Rsrsrsrsr Esse é daqueles romances de banca mesmo!!! Raptos, caras ricassos e resgates! Muito boa sua resenha.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Patrícia!
    Então, o estilo repetitivo que predomina nos enredos me cansa também. Mesmo assim se for para ler, eu leio. E até compro romances de banca que ficam estocados para quando bater aquela vontade de relembrar minhas leituras de adolescente.
    Você se saiu muito bem no desafio e nos brindou com uma resenha bastante convidativa. Valeu e vamos para o próximo!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Patrícia!

    É bom ter a oportunidade de conhecer novos pontos de vista... Esse desafio está sendo ótimo!

    Gostei de seus comentários... Ainda que prefira não conhecer tantos detalhes da história, principalmente do final. Quebra totalmente a minha curiosidade sobre o livro...

    Até o próximo desafio.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  9. Gente, não está o máximo este desafio? E o melhor, além do desafio propriamente dito é nos socializarmos, não é verdade?

    Em relação aos detalhes do final do livro, vou tomar mais cuidado da próxima vez, ok Srta. Camila?

    Bjão mininas até a próxima, aliás, já estou lendo o próximo da lista.

    ResponderExcluir
  10. OS livros da Julia James são levezinhos, eu gosto por isso, mas ela não é minha autora de banca preferida não. A série paixão tem grande circulação e variedade de autores.

    Gostei da sua resenha, mas como disse a Camilla se vc esconder os detalhes, ficaremos curiosas p ir ler, rs

    E concordo com vc: E o melhor, além do desafio propriamente dito é nos socializarmos.
    Não conhecia teu blog, mas passarei por aqui + vezes.

    bjssss

    ResponderExcluir
  11. Oi Patrícia, concordo com a Srta. Camilla. Não seria um caso de avisar o leitor no início que a resenha contém spoiler? É só uma sugestão e basta editar. rsrsrs

    Esse livrinho não li, então não posso opinar.

    Existem muitos estilos nos romances de banca, para evitar esse problema de pegar algo repetitivo e chato é só pesquisar nos blogs especializados. ;)

    bjos

    ResponderExcluir
  12. Pô gente, não sou tão experiente como vcs em resenhar livros, por isso coloquei o final no meu, mas prometo não fazê-lo nos próximos.

    Vou segui o conselho de vcs e avisar logo no início que vacilei.

    Bjão e valeu pelas dicas

    ResponderExcluir
  13. Patrícia;

    Desculpe se fui indelicada... não queria que vc achasse que o que comentei diminuiu a qualidade de sua resenha. De nenhuma forma vc "vacilou", apenas deu a sua opinião... o seu jeitinho de contar a história. E isso já é louvável. Não fique constrangida pela inexperiência. A gente aprende tentando e aceitando outras opiniões para melhorar.
    Sua atitude foi muito madura. Parabéns! Entenda a minha colocação como crítica construtiva, certo?

    Estou escrevendo para evitar qualquer mal entendido, viu?!

    Vc escreve super bem... e virei te visitar sempre que possível.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  14. Srta. Camila, meu anjo,

    Não pense que fiquei chateada, muito pelo contrário, gosto qdo as pessoas me avisam qdo errei, pois minha percepção não é assim tão boa. Realmente não tenho hábito de resenhar livros desta forma, minhas resenhas são científicas mesmo, por isso "vacilei", mas já estou fazendo a resenha do próximo livro da forma adequada para os leitores q se interessarem por lerem o mesmo.

    Bjão e obrigada pela dica e pelo elogio, nunca deixe de me dizer onde estou pecando.

    ResponderExcluir
  15. Oi Patrícia,
    Li todinha sua resenha, porque há tantos livros de bancas que vai ser meio impossivel um dia eu topar com esse a não ser que eu esteja realmente procurando....rsrs....mas adorei seus comentários....e o reconhecimento de sua pequena e perdoável falhinha......Sucesso com seu blog!
    Bjus elis!!!! Espero que possamos ser boas amigas...te mais!!!

    ResponderExcluir
  16. Ei Elisandra,

    Obrigada pelo carinho, claro que podemos ser grandes amigas, pois adoro fazer novos amigos, conversar, rir, trocar figurinhas...

    ResponderExcluir
  17. Oi Patrícia.

    Bom saber que você se identificou com o livro, embora não seja sua praia.
    Concordo com você, alguns romances de bancas são repetitivos , mas quando damos a sorte de pegar um livro bacana, aí só largamos o livro no "Feliz!...porque romance sem final feliz, não é romance...já faz parte do pacote.

    Bjs...Rê

    ResponderExcluir
  18. Sim Rê, qdo gosto do livro, independente do gênero, só largo no "felizes". Manias de leitoras por paixão, né?

    ResponderExcluir
  19. Que história, heim, Pati!
    Adorei!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Patricia
    Eu acho que o legal nesses romances de banca e' o happily ever after!!!! Muito boa sua resenha, ate' fevereiro. Como vc, tambem nao sou fa deste tipo de literatura. Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi, Patrícia!

    Muito boa sua resenha, foi bem direto ao ponto, rs. Parece interessante esse livro, apesar de eu também não ser muito fã de romances de banca.

    Bjos

    ResponderExcluir
  22. Ei Patrícia,
    Eu não sou muito fã de romances de banca então ja li logo o post todo com final e tudo rsrsrs
    Agora nem preciso mais ler o livro :O
    Adorei a resenha, eu fugi um pouco do tema na minha lista do desafio deste mês.
    bjoo

    ResponderExcluir
  23. Puxa, que bom que você experimentou o gênero mais uma vez, mas sua resenha me deixou sem vontade de ler o livro...
    beijo grande!

    ResponderExcluir
  24. Humm Cynthia, desculpe-me, mas realmente não recomendo. Vamos esperar para o próximo mês, quem sabe fiz uma escolha melhor.

    ResponderExcluir
  25. Patrícia, legal a tua resenha, mesmo não gostando deste estilo de livro tu conseguiu escrever super bem sobre ele. Eu também não me acertei muito bem com o estilo, mas adorei o desafio :D
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  26. Puxa, que história, hein? Fiquei até tonta com tantos acontecimentos fortes. hehehe...
    Adorei a resenha. Te vejo na próxima :)

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  27. Oi Patricia,
    Gostei do livro, parece ser bom, é a primeira vez que li esse gênero, e confesso que gostei, após uma leitura cansativa é uma boa pedida, não é mesmo!?!
    Ah, vim aqui te convidar para participar da promoção que está rolando lá no Amante dos Livros e Afins em parceria com o blog Compartilhando Leituras.
    Se tiver interesse, dê uma passadinha lá.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Não gostei muito do livro não. Achei meloso demais,mas cada um tem seu gosto, não é mesmo.

    Oarabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  29. obrigada pelo comntário!
    adorei a resenha, a história do livro parecer ser bem aqueles livros de banca.
    o bom é que são sempre histórias rápidas de ler.

    beijos

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!